A Internet é um dos principais (se não o principal) meio de prospecção passiva de clientes no setor de energia solar fotovoltaica. Portanto, ter uma forte presença na Internet é de vital importância para o crescimento do seu negócio. Além de ser um ótimo meio para captar clientes, a Internet também é essencial para fortalecer o nome da sua marca.

Portanto, hoje veremos qual é o passo a passo para que você consiga alcançar uma forte presença online para a sua empresa de energia solar fotovoltaica. Tudo o que será mostrado aqui (e muito mais) você também encontra no nosso Ebook grátis do empreendedor solar.

Enfim, sem mais delongas, vamos ao que interessa!

Criando seu site de energia solar

Criando seu site de energia solar

Antes de você começar a desenvolver o seu site, você terá que pesquisar por concorrentes e analisar o site deles. Pesquise por pelo menos 10 sites de concorrentes e analise tudo o que você gostou e gostaria de colocar no seu site, tal como tudo que não te agradou e que você acha que conseguiria fazer melhor no seu próprio site. Anote tanto os pontos fortes quanto os pontos fracos dos sites dos concorrentes.

Feito isso, está na hora de decidir se você mesmo, algum sócio ou parceiro seu que irá desenvolver o site, ou se você irá terceirizar o serviço. Atualmente, web design não é mais um bicho de sete cabeças, em que precisamos entender de código de programação para desenvolver um bom site. Tudo está mais simples e, portanto, se você se dedicar, você mesmo consegue desenvolver um bom site.

Caso você mesmo, ou alguém na sua esquipe, decida por desenvolver o site da empresa, eu recomendo fortemente que faça o curso Fórmula de Negócios Online. Lá você aprenderá o passo a passo para desenvolver um ótimo site que trará bons resultados para o seu negócio.

Da mesma forma, por tudo estar mais simples, a terceirização do serviço de web design ficou bem acessível também, sendo que conseguimos adquirir um serviço de desenvolvimento de um site profissional completo por R$ 1000,00 a R$ 2000,00.

Em websites de contratação de serviços de freelancers, como o Workana, o Prolancer e o 99 Freelas, nós conseguimos contratar esse tipo de serviço por excelentes valores. Porém, lembre-se de contratar somente pessoas que estão com boas avaliações! Há uma garantia muito maior da qualidade de serviço daqueles que estão bem avaliados.

Se você deseja iniciar no setor de energia solar, convido você a conhecer o nosso Curso Completo. Você Expert Solar. O curso mais indicado do Brasil para iniciar um negócio lucrativo no setor de energia solar.

Curso Você Expert Solar

Enfim, independentemente de você optar por desenvolver o seu site ou contratar um freelancer para desenvolver o site, abaixo vai uma lista de dicas para que você tenha um bom site de energia solar:

Opte por simplicidade: Não fique “enchendo linguiça” no seu site. Faça um site simples que passe as informações necessárias somente. Eu recomendo um site de 4 páginas: Início, Blog, Orçamento e Contato.

Analise bem a concorrência: Como eu já disse, pesquise bastante os sites dos seus concorrentes. Veja o que você gostou e o que você acha que pode ser melhorado e implemente no seu site. Passe essas informações depois para quem for desenvolver o seu site, caso não seja você.

Faça seu site em WordPress: Seja lá quem for desenvolver o site da sua empresa, diga que você quer que o site seja desenvolvido em WordPress. WordPress é a plataforma de web design mais otimizada que existe e conta com funcionalidades que você não encontra em nenhum outro lugar. Além disso, é muito fácil gerenciar o seu blog (falaremos de blog mais a frente) pelo WordPress.

Tenha alguém na sua equipe que entenda de WordPress: Mais cedo ou mais tarde, é interessante que você tenha alguém na sua equipe que entenda de WordPress. Caso contrário, para qualquer pequena alteração que for ser realizada no seu site, você terá que contratar um serviço. Volto a indicar, portanto, o curso Fórmula de Negócios Online, no qual você aprenderá detalhadamente a mexer em WordPress (e muito mais).

Criando suas iscas digitais

Iscas digitais energia solar

Você deve estar se perguntando “o que é uma isca digital?”. Não se preocupe, em breve você irá entender o que é.

Antes disso, porém, vamos imaginar o seguinte cenário: você desenvolveu um excelente site e começou a divulgá-lo. Muitas pessoas vão começar a navegar pelo site e talvez até se interessar pelo produto que você está oferecendo. Porém, na maioria das vezes essas pessoas que se interessaram não vão pedir um orçamento ali naquele momento.

Isso ocorre por vários motivos: a pessoa ainda não conhece direito a sua empresa, a pessoa está com pressa ou simplesmente a pessoa tem coisas mais importantes para fazer ali naquele momento.

E assim que esse potencial comprador fechar o seu site, as chances são de que ele nunca mais irá voltar. O que aconteceu é que você perdeu um cliente em potencial.

Agora vamos imaginar outro cenário: mais uma vez, você está divulgando o site da sua empresa. Porém dessa vez, em destaque no seu site existe um simulador de energia solar fotovoltaica.

Tudo que as pessoas que estão navegando no seu site precisam fazer pra simular quanto elas poderiam economizar com energia solar, é escolher a cidade onde elas residem, informar o consumo de energia e colocar o e-mail delas.

Como é rápido e fácil, muitos visitantes do seu site vão querer fazer essa simulação. Dessa forma, quando eles saírem do seu site, diferentemente do primeiro cenário, você terá o e-mail desse visitante que está interessado no sistema de energia solar.

Com o e-mail em mãos, você começará a se relacionar com esse cliente, até que, futuramente, uma venda pode ser fechada.

Neste cenário, o seu simulador de energia solar é a sua isca digital. Ter uma isca digital, é oferecer algo que o seu cliente quer de graça, em troca de um e-mail.

O simulador de energia solar fotovoltaica é somente um exemplo de isca. Existem inúmeras formas de capturar os e-mails de quem tem interesse em comprar de você.

Nessa hora de decidir quais serão as suas iscas digitais, você tem que entender muito bem qual o seu principal público-alvo. São pessoas físicas? São pessoas jurídicas? Quais são os principais interesses deles?

Lembre-se quais são as dores e desejos do seu cliente e crie uma isca digital que toque em cima disso (por exemplo, um Ebook com 10 passos para ter uma casa mais sustentável e economizar dinheiro).

Se você entregar um conteúdo de qualidade sobre o assunto que o seu cliente quer ver, você irá aumentar bastante as  suas chances de vender para ele, pois você conseguirá se colocar como uma autoridade perante a este cliente.

Isso aliado às estratégias de e-mail marketing, que veremos mais a frente, com certeza ajudará você a vender muito mais.

A lista abaixo mostra os 5 principais formatos de iscas digitais:

Ebook

E-books: Excelente forma de Isca digital e fácil de fazer. Basta você ter um editor de texto no seu computador um bom conteúdo que o seu cliente esteja interessado em ler.

Infográfico

Infográficos: Resumem uma grande quantidade de informação utilizando-se imagens didáticas e breves textos. Nós mesmos temos o nosso infográfico sobre o funcionamento da energia solar e o utilizamos como isca digital.

Tutoriais em vídeo

Vídeo tutoriais: Hoje em dia, qualquer um com um smartphone com uma câmera é capaz de produzir vídeos de boa qualidade. Vídeos tutoriais os quais ensinam algo que o seu cliente quer aprender são uma ótima forma de se capturar e-mails.

Sorteios

Sorteios: Você já deve ter visto no Facebook ou no Instagram, sorteios nos quais para concorrer a algum prêmio, você precisava curtir uma página ou marcar algum amigo na postagem. Você também pode organizar sorteios para captura de e-mails.

Simulador energia solar

Simulador solar: Uma isca específica do setor de energia solar, porém funciona muito bem. Uma pessoa que simula um sistema de energia solar para ela é uma pessoa que tem real interesse em ter um sistema de energia solar fotovoltaica. Infelizmente, não é tão simples de se desenvolver, porém, se você tiver o capital, você sempre pode pagar para um especialista desenvolver para você.

Se você tem interesse em aprender como criar e implementar iscas digitais no seu site em detalhes, mais uma vez eu recomendo o curso Fórmula de Negócios Online.

Criando o seu blog

Blog energia solar

A maneira mais fácil de atrair o seu público-alvo para o seu site é falando sobre o assunto em que o seu

público-alvo está interessado (mais uma vez a importância de saber muito bem quem é o seu público-alvo).

Portanto você deve criar um blog e começar a produzir artigos com assuntos sobre os quais o seu público quer ler. Mas como você vai descobrir sobre quais assuntos o seu público quer ler? Existem algumas formas de se descobrir isso:

Planejador de palavras-chave do google

O que está sendo pesquisado no Google: Uma forma é descobrir o que o público interessado em energia solar fotovoltaica está pesquisando no Google. Para descobrir isso você deve acessar o planejador de palavras-chave do Google e pesquisar por termos relacionados à energia solar (“energia solar”, “energia fotovoltaica”, “painel solar”, etc).

Pesquisando por esses termos, o planejador de palavras-chave do Google fornecerá uma grande lista com termos relacionados ao termo que você pesquisou, mostrando quais são os termos relacionados mais pesquisados pelas pessoas. Com isso você pode tirar algumas ideias de artigos para escrever.

analise de concorrencia

Análise dos artigos de blogs de concorrentes: Outra forma, é ver quais são os artigos mais populares dos seus concorrentes. Você deve acessar o blog de outras empresas de energia solar e analisar quais são os artigos que têm o maior número de curtidas, compartilhamentos e comentários. Esses artigos populares com certeza falam de assuntos sobre os quais o seu público gostará de ler.

Yahoo respostas

Yahoo respostas: Você também pode pesquisar quais são as principais dúvidas que as pessoas têm sobre energia solar no Yahoo respostas. Basta pesquisar por energia solar lá e ver quais perguntas aparecem com maior frequência.

Perguntar aos seguidores

Pergunte para quem já te segue: A partir do momento que você já tem um público que acompanha as suas postagens, seja no blog, nas redes sociais ou por e-mail, você pode perguntar para os seus seguidores sobre quais assuntos eles gostariam de ler.

Assim como o desenvolvimento do seu site, você também consegue terceirizar a produção de conteúdo do seu blog. Ou seja, pagar para alguém redigir sobre os assuntos que você determinou que o seu público quer ler,

Em sites de contratação de serviços de freelancers, como o Workana, você irá encontrar muitos redatores disponíveis para escrever os artigos que você quer por preços acessíveis (de R$ 20,00 a R$ 100,00, dependendo do tamanho do artigo).

Caso você tenha interesse em saber mais sobre como utilizar o blog para atrair potenciais clientes para o seu site, você aprenderá isso e muito mais no curso Fórmula de Negócios Online.

Curso Você Expert Solar

As redes sociais do empreendedor fotovoltaico

Mídias sociais energia solar

Tal como ter um site, estar presente nas redes sociais não é mais um diferencial para uma empresa e sim um requisito. Portanto, nós veremos quais são as 3 redes sociais mais importantes para você, empreendedor fotovoltaico, estar presente e engajar com o seu público.

Facebook

Facebook: Ainda é a maior rede social do Brasil. Ultimamente vem perdendo espaço para o Instagram, mas ainda é uma mídia social importantíssima de se estar presente. Toda empresa, grande ou pequena, deve ter uma página no Facebook e engajar com o seu público por lá, pois é a rede social onde você conseguirá alcançar o maior número de pessoas possível.

Mais uma vez, faça uma análise das páginas dos seus principais concorrentes e veja quais são as postagens mais populares (imagens, artigos, vídeos, notícias, etc). A partir disso, comece a entregar para os seus seguidores esse mesmo tipo de conteúdo.

Nós podemos utilizar a página do Facebook tanto para fazer promoções diretas do nosso produto, quanto para nos relacionarmos com o nosso público. O grande segredo não está na promoção direta, mas sem dúvidas no relacionamento com o público.

Logo, tente evitar fazer promoções diretas o tempo todo e dê preferência para postagens de conteúdo que o seu público quer ver.

Instagram

Instagram: A rede social que não para de crescer no Brasil. Deverá ultrapassar o Facebook em número de usuários futuramente. Além disso, as pessoas são muito mais responsivas no Instagram quando comparado com o Facebook.

Significa que é mais fácil receber curtidas e comentários no Instagram do que no Facebook, o que é ótimo para se relacionar com o seu público.

Deve-se notar que o Instagram é uma mídia extremamente visual, portanto deve-se trabalhar com boas imagens e vídeos. Não é a melhor mídia para se fazer promoção direta de produtos e serviços, porém é excelente para aumentar a visibilidade da sua marca e se relacionar com o seu público.

Linkedin

Linkedin: Uma mídia importante de se trabalhar, especialmente se você visa vender sistemas de energia solar para empresas (pessoa jurídica).

Funciona mais ou menos como o Facebook, porém diferentemente do Facebook não é focado na vida pessoal das pessoas, mas sim na vida profissional (carreiras).

É a melhor mídia para se trabalhar quando você tem interesse em fazer negócio B2B, ou seja, vender seus produtos e serviços para outras empresas. Essas são as três principais mídias sociais que um empreendedor de energia solar deve trabalhar para atrair mais clientes e se relacionar com o seu público.

Volto a dizer que se você tem interesse em se aprofundar em como gerenciar suas mídias sociais, atraindo mais vendas, recomendo que você realize o curso Fórmula de Negócios Online.

O e-mail marketing

Email marketing

Já está comprovado que maioria das vendas só ocorrem a partir do quarto contato com o cliente. Isso significa que, se você não se relacionar com o seu cliente e entrar constantemente em contato com ele, as chances de fechar uma venda são extremamente baixas.

Mais uma vez, imaginemos dois cenários diferentes. No primeiro cenário, um visitante do seu site pediu um orçamento de sistema fotovoltaico. Você pegou as informações necessárias para fazer o orçamento e enviou a sua proposta para ele por e-mail.

Depois de enviar a proposta, você nunca mais entrou em contato com ele, nem por e-mail, nem por telefone. As estatísticas dizem que esse é um cliente em potencial que você perdeu, devido a falta de se relacionar com ele.

Já no segundo cenário, após enviar a proposta, você enviou e-mails de relacionamento diariamente para este cliente e, inclusive, ligou para ele após alguns dias que você enviou a proposta. As chances de você fechar a venda com este cliente aumentaram exponencialmente, pois você fez questão de se relacionar com ele.

Este é o ponto-chave do e-mail marketing. É uma forma de nós nos relacionarmos com nossos clientes, aumentando muito as chances de conseguirmos fechar uma venda.

Perceba, entretanto, que eu fiz questão de deixar em negrito o termo “e-mails de relacionamento”. É para deixar claro que a maioria dos e-mails que nós enviarmos para nossos clientes, não devem ser emails promocionais, mas sim emails que busquem aumentar a proximidade entre a nossa empresa e os nossos clientes.

E-mails de relacionamento podem ser e-mails em que você convida o seu cliente a ler algum artigo interessante que você publicou no seu blog; e-mails convidando o cliente a ler alguma notícia interessante que saiu; ou até mesmo emails de datas comemorativas (feliz natal, feliz dia dos pais, etc).

Você pode sim, mandar e-mails promocionais de vendas, porém em menor proporção. A proporção ideal seria 4 e-mails de relacionamento para cada 1 email promocional. Ao enviar somente e-mails promocionais, você irá irritar o seu cliente. Não é irritante quando fazemos o cadastro em uma loja e depois disso só recebemos e-mails de oferta da loja? Pois é, precisamos nos colocar na posição de consumidor.

É claro que você não deve ficar redigindo cada e-mail que você irá enviar para cada cliente. Você precisará investir um uma boa ferramente de CRM (sigla inglesa que significa “gerenciador de relacionamento com clientes”) para praticar o seu e-mail marketing de maneira efetiva.

Eu sugiro a Leadlovers, uma ferramenta de CRM excelente e com valores acessíveis (nós mesmos aqui na Você Solar utilizamos esta ferramenta de CRM). E se você quer aprender a realizar um e-mail marketing efetivo, mais uma vez sugiro que realize o curso Fórmula de Negócios Online.

Anúncios

Anúncios

Se seguirmos as boas práticas do marketing digital, nós conseguiremos atrair visitantes para o nosso site sem precisar pagar por anúncios. Conseguimos fazer isso por meio do nosso blog e das mídias sociais.

Porém, conseguir tráfego orgânico (vulgo tráfego que não é pago) para o nosso site é um processo mais demorado. Aos poucos, nós conseguiremos atrair cada vez mais visitantes sem precisar de anúncios, porém leva tempo (meses a anos).

Curso Você Expert Solar

Logo, se você quer obter resultados mais rápidos online, você terá que anunciar o seu produto (no caso, sistemas fotovoltaicos). Existem várias formas de anunciarmos em diferentes lugares: Rede de pesquisa do Google, Rede de display do Google, Facebook, Instagram, Linkedin e mídias sociais em geral.

Abaixo, falarei em mais detalhes sobre as formas mais relevantes de se anunciar na Internet quando se trata de vendas de sistemas de energia solar fotovoltaica.

Google ads

Rede de pesquisa do Google (Google Ads): Faça o teste. Pesquise por “energia solar” no Google. Você verá que os primeiro 4 resultados aparecerão com a palavra “anúncio” escrita.

Isso ocorre porque essas empresas pagaram para aparecer nos resultados de pesquisa quando alguém digitar “energia solar” no Google.

Na minha opinião, essa é a forma mais efetiva de se anunciar quando se trata de sistemas fotovoltaicos, pois o seu anúncio só aparecerá para quem já está interessado em energia solar (o usuário já está pesquisando sobre o assunto).

Remarketing

Remarketing: Já teve a impressão que depois que você pesquisou por algum produto em qualquer loja virtual, começaram a aparecer anúncios desse mesmo produto em qualquer site que você visitasse? Inclusive no seu Facebook? Pois é, isso é o remarketing.

Anúncios de remarketing são anúncios que só aparecem para quem já visitou a página do seu produto.

Suponhamos que um usuário qualquer visitou o seu site e clicou na página de orçamento. Porém ele acabou não solicitando um orçamento e foi embora do seu site. Se você fizer um anúncio de remarketing para pessoas que visitaram a sua página de orçamento, o anúncio aparecerá somente para ele e outras pessoas que já visitaram a sua página de orçamento.

Remarketing é uma técnica bastante efetiva de anunciar, pois você só estará pagando para o seu anúncio aparecer para quem já demonstrou interesse de comprar o seu produto.

Google remarketing pesquisa

Remarketing na rede de pesquisa do Google: Os anúncios na rede de pesquisa do Google funcionam como um espécie de leilão. Quem estiver determinado a pagar mais por determinada palavra-chave (por exemplo, “energia solar”), aparecerá nas primeiras posições dos resultados.

Suponhamos que existam 3 empresas anunciando para a palavra-chave “energia solar”: empresas A, B e C. A empresa C está disposta a pagar R$ 1,00 pelo clique da palavra, a empresa B está disposta a pagar R$ 1,50 pelo clique e a empresa A está disposta a pagar R$ 1,20 pelo clique.

Quando alguém pesquisar por “energia solar” o anúncio da empresa B aparecerá na primeira posição, o da empresa A aparecerá na segunda posição e o da empresa C aparecerá na terceira posição.

Entretanto, há como fazer o remarketing para a rede de pesquisa. Suponhamos que um determinado visitante já clicou no anúncio da empresa C e navegou no site da empresa. Se a empresa C estiver fazendo remarketing para a rede de pesquisa, a próxima vez que esse mesmo usuário pesquisar por “energia solar”, ao invés de a empresa C aparecer na terceira posição, ela aparecerá na primeira posição (e pagará acima de R$ 1,50 pelo clique).

É uma forma de você priorizar a sua posição nos resultados de pesquisa para quem já visitou o seu site.

Google remarketing display

Remarketing na rede de display do Google: Sabe quando você está visitando algum site (normalmente blogs) e você encontra vários banners com anúncios de diferentes produtos? Essa é a rede de display do Google.

Uma forma de ficar em cima de quem já demonstrou interesse em comprar de você, é fazendo anúncios de remarketing na rede de display do Google.

Dessa forma, quando um usuário que já visitou as suas páginas estiver navegando em sites que possuem banners da rede de display do Google (muitos sites possuem isso), o seu anúncio aparecerá para esse usuário.

É uma forma de lembrar as pessoas que já demonstraram interesse no seu produto de que elas precisam “retomar a compra”.

Remarketing Facebook

Remarketing no feed de notícias do Facebook: Mesmo princípio da rede de display do Google, porém para o feed de notícias do Facebook. Há maneiras de o Facebook monitorar quem está navegando pelo seu site.

Com isso, você pode fazer anúncios de remarketing no feed de notícias do Facebook. Assim, pessoas que já visitaram o seu site e estão navegando no Facebook verão o seu anúncio no feed de notícias delas.

Outra forma de lembrar aquelas pessoas de que você existe e elas precisam “retomar a compra” com você.

Essas são as formas mais eficazes de se anunciar quando se trata de vendas de sistemas de energia solar fotovoltaica. Deve-se notar que ao anunciar, você deve saber muito bem o que está fazendo, ou você estará jogando dinheiro no lixo.

Portanto, ou você contrata uma empresa de marketing digital para prestar esse serviço, ou você aprende como anunciar.

Curso Você Expert Solar

Resumindo a estratégia da sua presença online

Nós falamos de várias peças do quebra-cabeça que compõem a nossa estratégia para obter uma forte presença online, atraindo clientes para o nosso negócio. Agora vamos resumir tudo isso.

A estratégia é a seguinte: Criar um site e utilizar blog, mídias sociais e anúncios para atrair tráfego para nosso site. No nosso site, capturaremos e-mails de clientes em potencial com as iscas digitais. Nos relacionaremos com esses clientes por meio do e-mail marketing (ferramenta de CRM) e pelas mídias sociais, aumentando muito as chances de fecharmos vendas. O diagrama a seguir ilustra toda essa estratégia:

Resumo estratégia online

Finalizando

Com isso, nós finalizamos a nossa estratégia de presença online. O método apresentado acima, é um método sólido e, se você aplicá-lo de maneira correto, ele contribuirá muito para o crescimento do seu negócio.

Saiba, também, que pouquíssimas empresas do setor de energia solar realizam as práticas acima de maneira correta. Portanto, ao adotar a estratégia acima, você terá uma presença online muito mais otimizada do que a sua concorrência!

Lembrando que tudo isso que apresentei acima e muito mais, você aprenderá no curso Fórmula de Negócios Online. E claro que para se desenvolver no setor de energia solar fotovoltaica, você precisa se especializar na área, portanto venha fazer o Curso Você Expert Solar:

Curso Você Expert Solar

Ah, e não deixe de compartilhar comigo as suas dúvidas, curiosidades, opiniões e pensamentos. Quero saber o que você achou!

Um forte abraço e até a próxima.

– Paulo Castagnari

Autor

Escrever um Comentário

error

Gostou? Então Espalhe a Notícia =)

Acesse Gratuitamente o Melhor Material de Energia Solar do Brasil!

O Guia Definitivo do Empreendedor Solar

Curso Grátis de Energia Solar Fotovoltaica

Infográfico da Energia Solar Fotovoltaica

Não Quer Fazer o Download Grátis do Melhor Material de Energia Solar Fotovoltaica do Brasil Antes de Sair?

SIM, eu quero!

NÃO, obrigado...

Então Fique à Vontade Para Acessar Tudo de Graça!

O Guia Definitivo do

Empreendedor Solar

Curso Grátis de

Energia Solar

 

Infográfico da Energia Solar Fotovoltaica